Segunda-feira, 5 de Março de 2007

Publicidade ao Livro

publicado por iceteam às 11:22
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Domingo, 4 de Março de 2007

Finalmente a entrevista

https://imgs.sapo.pt/sapovideo/swf/flvplayer-sapo.swf?file=https://rd3.videos.sapo.pt/tYeIEzlMkg0ZnqHogG7f/mov/1 

Como já dissemos tivemos alguns problemas com a edição da estrevista visto que esta era muito pesada...
Mas apesar da demora conseguimos

 

sinto-me:
publicado por iceteam às 23:58
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Segunda-feira, 26 de Fevereiro de 2007

Pequena Reportagem

Breve biografia do autor

 

 José Gomes Ferreira, escritor português, nasceu no Porto, no ano de 1900. Aos quatro anos de idade, mudou-se para Lisboa, cidade onde cresceu e estudou. Frequentou o liceu de Camões, bem como o liceu de Gil Vicente. Nestes liceus, teve os primeiros contactos com a poesia.

   Licenciou-se em Direito em 1924, tendo trabalhado como Cônsul na Noruega, paralelamente a esta carreira, era ainda compositor.

  Regressado a Portugal, em 1930, dedicou-se ao jornalismo fazendo colaborações importantes tais como nas publicações Presença, Seara Nova, Descobrimento, Imagem, Sr.Doutor e Gazeta Musical e de Todas as Artes. Também traduziu filmes sob o pseudónimo de Álvaro Gomes e, colaborou com Fernando Pessoa na revista ‘’Ressurreição’’.

  Iniciou-se na poesia com o poema “Viver sempre também cansa”, escrito na noite de 8 de Maio de 1931 numa época que o autor considera decisiva.

Desempenhou o cargo de presidente da ‘’Associação portuguesa de escritores’’, eleito em 1979, associação essa que, em 1964 lhe tinha atribuído o grande prémio da poesia com a sua obra “poesia III”.

   Em 1983 (ano em que foi homenageado pela Sociedade Portuguesa de Autores), foi submetido a uma delicada intervenção cirúrgica. José Gomes Ferreira, casado e pai de dois filhos (o arquitecto Raúl Ferreira e o poeta Alexandre Vargas), viria a falecer dois anos depois, vítima de uma prolongada doença que o impossibilitava de se levantar da cama.

 

 

Foto do jantar em que José Gomes Ferreira recebeu, em 1961, o Grande Prémio de Poesia da Sociedade Portuguesa de Escritores.

 

 

 

“Viver sempre também cansa”
 

"Viver sempre também cansa!
O sol é sempre o mesmo e o céu azul
ora é azul, nitidamente azul,
ora é cinza, negro, quase verde...
Mas nunca tem a cor inesperada.
O Mundo não se modifica.
As árvores dão flores,
folhas, frutos e pássaros
como máquinas verdes.
As paisagens também não se transformam.
Não cai neve vermelha,
não há flores que voem,
a lua não tem olhos
e ninguém vai pintar olhos à lua.
Tudo é igual, mecânico e exacto.
Ainda por cima os homens são os homens.
Soluçam, bebem, riem e digerem
sem imaginação.
E há bairros miseráveis, sempre os mesmos,
discursos de Mussolini,
guerras, orgulhos em transe,
automóveis de corrida...
E obrigam-me a viver até à Morte!
Pois não era mais humano
morrer por um bocadinho,
de vez em quando,
e recomeçar depois, achando tudo mais novo?
Ah! se eu pudesse suicidar-me por seis meses,
morrer em cima dum divã
com a cabeça sobre uma almofada,
confiante e sereno por saber
que tu velavas, meu amor do Norte.
Quando viessem perguntar por mim,
havias de dizer com teu sorriso
onde arde um coração em melodia:
"Matou-se esta manhã.
Agora não o vou ressuscitar
por uma bagatela."
E virias depois, suavemente,
velar por mim, subtil e cuidadosa,
pé ante pé, não fosses acordar
a Morte ainda menina no meu colo..."


A primeira Versão do poema "Viver sempre também cansa" de José Gomes Ferreira

“Aventuras de João Sem Medo”

 

Romance fértil e rico de imaginação, colocando-se num mundo imaginário e quase inexistente na aparência. Toda a estrutura desvenda sinais e símbolos do mundo que pisamos todos os dias. José Gomes Ferreira não foi buscar ao imaginário da infância os elementos que dão vida e animam o enredo mas sim numa realidade palpável e conhecida.

 

 

Fontes:

http://www.citi.pt/cultura/literatura/poesia/j_g_ferreira/josgomes.html

http://www.citi.pt/cultura/literatura/poesia/j_g_ferreira/cansa.html

http://www.apagina.pt/arquivo/Artigo.asp?ID=1027

http://www.apagina.pt/arquivo/Artigo.asp?ID=1027

 

 

publicado por iceteam às 20:17
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 19 de Fevereiro de 2007

Problemas com a entrevista

Tivemos qualquer problema com o Movie Maker e portanto nao conseguimos fazer a edição do vídeo da entrevista. Este era também grande demais, pelo que não o conseguimos publicar no blog. Contudo, o filme com o "pseudo-José Gomes Ferreira " : ) está feito e vai ser aqui publicado assim que possível!

Gratos pela compreensão, 

ICE-team 

sinto-me:
publicado por iceteam às 19:38
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Entrevista a José Gomes Ferreira

Perguntas da entrevista a José Gomes Ferreira

 

1. José Gomes Ferreira, é um prazer tê-lo aqui connosco, fale-nos um pouco de si.

2. Quando se deparou com a vocação para ser escritor, encarou esse momento como especial?

3. Paralelamente à escrita tem, ou teve, outra ocupação?

4. Já ganhou algum prémio?

5. Visto que nasceu em 1900 diga-nos como atravessou o século XX.

6. Agora, em relação ao livro "As aventuras de João sem medo", diga-nos como criou o herói e quanto tempo demorou a sua concepção.

7. Então, se decidiu dar essa liberdade aos leitores, qual o porquê do nome João sem Medo?

8. Explique-nos agora o porquê do sobrenome "sem medo".

publicado por iceteam às 17:58
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 12 de Fevereiro de 2007

Biografia de José Gomes Ferreira

 

José Gomes Ferreira nasceu a 9 de Julho de 1900 no Porto. Aos 4 anos mudou-se para Lisboa.

Estudou nos liceus de Camões e de Gil Vicente, com Leonardo Coimbra, e foi aqui que teve o seu primeiro contacto com a poesia, colaborando com Fernando Pessoa, num soneto para a revista ressurreição.

A sua consciência política despoletou desde cedo, devido à influência do seu pai que era democrata republicano.

Em 1924 licenciou-se em direito e trabalhou como cônsul na Noruega.

Em 1930 regressou a Portugal dedicando-se ao jornalismo, colaborando nas publicações “Presença”, “Seara Nova”, “Descobrimento”, “Imagem”, “Sr.Doutor” e “Gazeta Musical e de Todas as Artes”. Também traduziu filmes sob o pseudónimo de Álvaro Gomes.

Em 1931 iniciou-se na poesia com o poema “viver sempre cansa”, publicado na revista Presença.

Só em 1948 começou a publicação séria do seu trabalho, iniciando-se com Poesia I e Homenagem Poética a António Gomes Leal.

Em 1961 o Grande Prémio da Poesia da Sociedade Portuguesa de Escritores, com a publicação Poesia III.

Em 1978 foi Presidente da Associação Portuguesa de Escritores.
Em Fevereiro de 1980 Associou-se ao PCP (Partido Comunista Português) e  foi condecorado pelo Presidente Ramalho Eanes como grande oficial da Ordem Militar de Santiago de Espada, recebendo posteriormente o grau de grande oficial da Ordem da Liberdade.

Em 1983 foi homenageado pela Sociedade Portuguesa de Autores, sendo submetido no mesmo ano a uma delicada intervenção cirúrgica, vindo a falecer dois anos depois, a 8 de Fevereiro de 1985, vítima de doença prolongada.

Em 1990, o presidente da Câmara de Lisboa, Jorge Sampaio, descerrou uma lápide em homenagem ao escritor, no prédio da Avenida Rio de Janeiro, sua última morada.

 

Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Jos%C3%A9_Gomes_Ferreira 

 

publicado por iceteam às 21:30
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 9 de Fevereiro de 2007

As aventuras de João Sem Medo

O nosso clã decidiu escolher o livro de José Gomes Ferreira, "Aventuras de João Sem Medo", porque é um livro que alguns dos elementos já leram e principalmente porque o Miguel, quando era criança, queria ser o Miguel Sem Medo ...

 

 

publicado por iceteam às 21:38
link do post | comentar | favorito

Olá...

Olá...

Este é o nosso primeiro post e tem como finalidade dar-vos a conhecer o nosso clã e a nossa escola...

O nosso clã é constituido por:

-Ana Claúdia Vieira (Xikinha), a chefe do Clã, para mostrar que as mulheres também podem mandar ;)

- Luís Miguel Silva, o sub-chefe, com vastos conhecimentos desde a agricultura até à astrofísica!lol

- Nelson Vieira (Guexo), o nosso mente brilhante, um habitué nestas "andanças" da televisão ;)
- João Forte (Tia), porque também quer ir aos states
- Leonel Gonçalves (Pautilha), o nosso craque da bola,uma futura estrela futebolistica

 

E agora vamos também mostrar-vos a nossa escola, a Escola Secundária da Póvoa de Lanhoso, é um sitio agradável ...


sinto-me:
publicado por iceteam às 20:49
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Publicidade ao Livro

. Finalmente a entrevista

. Pequena Reportagem

. Problemas com a entrevist...

. Entrevista a José Gomes F...

. Biografia de José Gomes F...

. As aventuras de João Sem ...

. Olá...

.arquivos

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds